O que é ar-condicionado inverter? Qual a diferença para o sistema convencional?

Ar condicionado: o que é BTU e dicas de como escolher o melhor
06/02/2017
O que é BTUs: Como funcionam os BTUs do ar condicionado
08/02/2017

O que é ar-condicionado inverter? Qual a diferença para o sistema convencional?

Quando você decide por instalar um ar-condicionado, seja em sua residência ou no trabalho, leva em consideração o valor e o design do equipamento? Apesar de também serem importantes, tais quesitos devem ser considerados juntamente às funcionalidades que atendem à sua necessidade.

Você sabe, por exemplo, o que é um ar-condicionado inverter e quais as principais diferenças entre este e o sistema convencional? Listamos abaixo algumas informações que te ajudarão a entender como funciona o inverter e se ele é, de fato, o ideal para o seu ambiente. Acompanhe!

O que é o sistema inverter?

A tecnologia inverter é caracterizada pelo alcance rápido da temperatura desejada, bem como sua manutenção constante, reduzindo assim a oscilação de energia. O sistema controla a velocidade da rotação do compressor, levando em consideração a necessidade de refrigeração do ambiente. Uma vez que a placa não é desligada completamente, mantém-se energizada e requer menos consumo na partida.

Em poucas palavras: quanto menos calor precisar ser retirado no local climatizado, menor será a rotação do compressor. Se for necessário climatizar temperaturas mais altas, maior será a rotação do compressor.

Apesar de o valor dos aparelhos de ar-condicionado inverter ser mais elevado do que os convencionais, por conta da tecnologia utilizada, torna-se uma boa opção devido à economia no consumo de energia, que comentaremos  logo a seguir.

Vale salientar que o inverter está disponível apenas nos modelos Split. Até o momento, o ar-condicionado de janela não suporte a tecnologia inverter.

Quais as principais diferenças entre o ar-condicionado inverter e o convencional?

Consumo de energia: enquanto a linha convencional possui um baixo consumo elétrico, o inverter consome até 40% a menos do que o sistema convencional.  A economia de energia é altamente considerável.

Controle de temperatura: no sistema inverter, a temperatura é atingida rapidamente e permanece constante, sem oscilações. O ar-condicionado convencional necessita de um maior tempo para atingir a temperatura ideal, a qual oscila aproximadamente +- 2º em relação à temperatura ambiente.

Nível de ruído: apesar de no sistema convencional ainda existir um nível baixo de ruído devido ao liga/desliga do compressor, no inverter estes níveis são ainda menores, uma vez que o compressor funciona em baixa rotação e com a temperatura estabilizada.

 

Quando utilizar o sistema inverter?

A tecnologia inverter pode ser uma opção interessante para regiões que sofrem como uma maior variação climática, como a região Sudeste que, em um mesmo dia de certas épocas do ano, passa de 10º graus no início da manhã para 20º no período da tarde.

Em localidades que possuam um nível sempre elevado de temperatura, como na região Norte e Nordeste, por exemplo, o compressor acaba funcionando sempre em sua velocidade máxima, não proporcionando em uma grande economia no consumo de energia.